Transformações Profundas

Existe um conceito ligado à vida profissional sobre remuneração versus estabilidade. De forma geral, quanto maior a remuneração de trabalho, menor sua estabilidade e vice-versa.

Um questionamento segue essa fórmula um tanto genérica: O que faz de um ambiente mais ou menos estável? O que se pode fazer para vivermos em ambientes que nos remuneram bem, sem necessariamente termos a sensação de entrarmos numa montanha russa todos os dias?

Bom, como olhar para todos os ambientes do mercado é um tanto pretencioso, escolho olhar para o ambiente no qual tenho mais familiaridade, o corporativo.

Existem empresas que produzem excelentes resultados, mas tais resultados trazem consigo um ambiente mais tenso. Três aspectos estão presentes a maior parte do tempo: relacionamentos, performance e estruturas de poder, todos muito próximos e interligados.

Relacionamento é, e sempre será, a base fundamental para chegarmos em resultados (e obviamente influencia a performance). Mas também é fonte de muitos conflitos. Disputas abertas ou secretas ou, ainda, baixo reconhecimento de parcerias importantes estão nesse lugar. Afinal, quanto alimentamos a inimizade nesse ambiente?

Reconhecimento está muito ligado à performance. Mas que tal priorizar a performance das parcerias, respeitando a individual, porém, colocando-a num segundo nível de importância? O resultado coletivo está acima do individual, certo? E os erros que afetam a performance, não está na hora de olharmos para eles com mais maturidade? Afinal todos nós cometemos erros eventualmente!

Tudo isso se fecha na forma como tratamos as estruturas de poder. Como o poder é utilizado nas corporações que você conhece? Para gerar resultados para as empresas ou resultados individuais? Objetivos coletivos são de fato colocados acima dos objetivos individuais todo o tempo? Qual a prática mais comum onde você trabalha: acompanhar a opinião daqueles que têm mais poder ou dar a sua opinião, mesmo quando está em desacordo, para construir melhores resultados e relacionamentos mais legítimos?

O encontro dos três temas é necessário para empresas que realmente querem transformar o ambiente que possuem, e alcançar lugares diferentes. Estimular excelentes resultados acompanhados de pessoas que chegam por inteiro!

Esses não são assuntos simples, mas tratá-los com a intenção de desenvolvê-los, de fato, é um grande passo para corporações que desejam mudar o nível da conversa.

Carlos Debs Souto

The Gentle Walk